top of page

Missão Sal da Terra promove o Meeting Educação e Saúde sobre Autismo



 

No último dia 2 de abril, a Missão Sal da Terra promoveu o "Meeting Educação e Saúde", um evento dedicado à compreensão e discussão do Transtorno do Espectro Autista (TEA) e suas implicações, tanto na educação quanto na saúde. Realizado no Auditório da Missão Sal da Terra, o evento contou com a participação de palestrantes especializados no tema, que trouxeram abordagens fundamentais para uma melhor compreensão e sensibilização sobre o assunto.

 

A psicopedagoga clínica e institucional Maria Fernanda Moreira Mendes, mestre e doutoranda em Educação pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), foi uma das palestrantes, abordando a importância das adequações pedagógicas para estudantes com TEA. Em suas palavras, ela destacou estratégias e práticas inclusivas que podem fazer a diferença na vida desses alunos.

 

Outro palestrante foi o Dr. Cláudio Pinheiro Otoni, médico psiquiatra, que trouxe uma palestra sobre desmistificação do autismo. O profissional discutiu conceitos errôneos frequentemente associados ao autismo, enfatizando os desafios enfrentados para promover a inclusão desses indivíduos na sociedade. “Na internet, hoje, a quantidade de informação é absurda, mas infelizmente, nem sempre de boa qualidade. E o excesso de informação, às vezes, confunde muito mais do que elucida”, pontuou.

 

Michele Honorato Arantes, psicóloga infantil e especialista em Análise do Comportamento, Neuropsicologia e Neuropedagogia, também contribuiu com o evento, discutindo estratégias de intervenção comportamental no TEA. “A intervenção comportamental está muito presente e tem vasta evidência científica de sua eficácia em pessoas com autismo, principalmente crianças, mas não só. Podemos usar em qualquer caso”, afirma.

 

O Dr. Luiz Roberto da Silva, médico geneticista e pediatra da UFU, encerrou as palestras com a apresentação intitulada "Autismo: Os meninos e meninas de Kanner", explorando as características clínicas e genéticas do TEA.

 

O CEO da Missão Sal da Terra, Arthur Pereira, esteve no evento e enfatizou a importância do compromisso do município em oferecer saúde e educação para as pessoas com autismo. Ele ressaltou a necessidade de trabalharmos juntos para garantir o acesso a serviços de qualidade e uma educação cada vez mais inclusiva e transformadora.

 

A diretora da Missão Sal da Terra, Noemi Mendes, destacou a relevância do encontro, especialmente por ser realizado no Dia Internacional de Conscientização sobre o Autismo. “O intuito do evento é disseminar as informações necessárias sobre essa temática, porque ainda existem muitas crenças e paradigmas antigos que não cabem dentro dessa perspectiva da inclusão”, afirma. “Queremos levar mais informação, discutir, refletir sobre as práticas, sobre olhar para as diferenças humanas, para o autismo e contribuir para a sociedade. Essa é a nossa missão: cuidamos das pessoas para transformar vidas”, afirma.

 

Ao longo do evento, os participantes puderam refletir sobre as práticas, olhar para as diferenças humanas e em como contribuir para uma sociedade mais acolhedora e empática. O "Meeting Educação e Saúde" foi uma oportunidade para disseminar conhecimento e promover a inclusão de pessoas com autismo.




32 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page