top of page

CMAD participa de pesquisa em que aborda a prevenção de complicações nos pés, decorrentes do diabete

O estudo é pioneiro no Brasil e deve validar o uso da termografia cutânea para identificar áreas com feridas ou lesões



O Centro Municipal de Atenção ao Diabético (CMAD), administrado pela Missão Sal da Terra em parceria com a Prefeitura de Uberlândia, participará de uma pesquisa pioneira no Brasil, realizada em parceria com a Clínica Conceito Saúde (Uberlândia-MG) da médica proprietária Clarissa Aires de Oliveira, em que visa caracterizar os padrões térmicos nos pés de indivíduos portadores de diabetes, por meio do exame de termografia. O estudo, que contará com a participação de cerca de 200 pacientes do CMAD, tem o objetivo de validar a utilização da termografia cutânea como um método adjunto no rastreamento preventivo de pé diabético.


Durante a pesquisa, os pacientes serão submetidos a consultas de acompanhamento, em que serão realizadas aferições de parâmetros fisiológicos e bioquímicos, como glicemia e pressão arterial, além de avaliações físicas e clínicas dos pés. “O exame de termografia consiste na captura de imagens térmicas do corpo, no caso da presente pesquisa, serão realizadas capturas de imagens dos pés dos voluntários. É importante salientar que todo procedimento é indolor e não envolve risco ao voluntário”, explica Lara.


A pesquisadora ainda explica que a técnica de imagem de calor é capaz de identificar variações de temperatura no corpo, detectando regiões quentes e frias. “Dessa forma, é possível perceber áreas com feridas ou lesões que apresentam padrões térmicos alterados”, detalha.


A pesquisa acende uma esperança a pacientes diabéticos com potenciais riscos de complicações, como o pé diabético, pois a termografia cutânea tem o potencial de se tornar uma ferramenta útil e complementar na detecção precoce de problemas de saúde em pacientes diabéticos. Além disso, o exame é seguro, não invasivo e não envolve radiação. Os profissionais de saúde podem utilizar essa técnica para realizar avaliações funcionais metabólicas e de dor, identificar regiões com pouca vascularização ou com inflamação, e direcionar o tratamento de forma mais precisa e segura.


Com a realização dessa pesquisa inovadora, o CMAD e a Clínica Conceito Saúde buscam contribuir para aprimorar os métodos de diagnóstico e prevenção de complicações decorrentes do diabetes, especialmente relacionadas aos pés. É uma honra para toda a equipe participar dessa pesquisa pioneira em parceria com a Clínica Conceito Saúde. Estamos entusiasmados em contribuir para o avanço no diagnóstico e prevenção de complicações nos pés de pacientes com diabetes. Por meio desse estudo, buscamos aprimorar os métodos de cuidado e oferecer uma abordagem mais eficaz, evitando futuras complicações. Estamos comprometidos em proporcionar um tratamento mais preciso e seguro, e acredito que essa pesquisa será um marco importante nessa jornada”, diz Laura Vidal, gerente do CMAD.

34 visualizações0 comentário
bottom of page