Assistentes sociais começam acolhimento dos pacientes nas UAIs

Projeto busca ampliar o atendimento humanizado e facilitar o acesso da comunidade aos serviços de saúde


“Ouvir, Agir e Resolver”. Com essas diretrizes, as assistentes sociais da rede da Secretaria Municipal de Saúde iniciaram nesta terça-feira (18) os atendimentos do projeto que busca promover acolhimento de excelência aos usuários das Unidades de Atendimento Integrado (UAIs), estabelecendo uma comunicação clara, eficaz, objetiva e eficiente. O programa implantado pela gestão municipal ocorrerá inicialmente das 7h às 22h nas UAIs dos bairros Planalto, Roosevelt, Pampulha e São Jorge. A previsão é ampliar o serviço para todas as unidades.

Quem procurar o Pronto Atendimento dessas unidades será recebido por assistentes sociais capacitadas para acolher os pacientes e facilitar o acesso ao serviço de saúde. A coordenadora do setor de serviço social, Eleusa Rezende, destaca que o suporte contribuirá para o fluxo de atendimentos e acompanhamentos, minimizando o tempo de espera e priorizando a humanização e eficiência do serviço prestado.

“O objetivo é promover acolhimento de excelências aos usuários das UAIs, estabelecendo uma comunicação a fim de diminuir o tempo de espera para atendimento e evitar situações conflituosas entre os cidadãos e acompanhantes”, explicou.



Todas as assistentes sociais da rede passaram por uma capacitação que abordou os conceitos de humanização, minimização de situações conflituosas e entendimento do funcionamento da rede. A ação é desenvolvida com o envolvimento das coordenações de diversos setores, sendo o Serviço Social e a Diretoria de Gestão de Pessoas da Secretaria Municipal de Saúde, responsáveis pela condução do projeto com a coparticipação das Organizações Sociais Associação Paulista para Desenvolvimento da Medicina (SPDM) e Missão Sal da Terra (MSDT).

(Fonte: Portal da Prefeitura Municipal de Uberlândia)

0 visualização

ENTRE EM

CONTATO CONOSCO