Plano de Contingência é implantado na UAI São Jorge e Pampulha para ampliar atendimento a pacientes


Diante do aumento de casos de Covid-19 em Uberlândia, as Unidades de Saúde Integradas dos Bairros Pampulha e São Jorge tiveram, também, um aumento significativo de entrada de pacientes diagnosticados com os vírus e com necessidade de internação para tratamento. Para que conseguisse oferecer atendimento humanizado e de qualidade a todos os pacientes, as unidades tiveram a necessidade de implantar o Plano de Contingência.


O Plano de Contingência, também chamado de Plano de recuperação de desastres, é um planejamento que descreve as medidas e ações a serem tomadas pela empresa para que dê continuidade nos fluxos, processos e rotinas de trabalho tendo em vista situações emergenciais desencadeadas por eventos de grande magnitude, no caso atual, o aumento de pessoas contaminadas pelo Covid-19 necessitando de atendimento médico.


Na prática, o Plano de Contingência das unidades UAI Pampulha e UAI São Jorge consistiu na separação, em ambiente físico, de pacientes suspeitos e confirmados de Covid-19 dos pacientes com outras enfermidades e sem sintomas gripais. Desta forma, as unidades foram "divididas" fisicamente em dois setores: Setor Covid e Setor Não Covid. Para que isso pudesse ser feito, salas que abrigavam equipes administrativas foram desocupadas e se transformaram em salas de atendimento. Além disso, toda a unidade recebeu ampliação de pontos de oxigênio.


Na UAI São Jorge, no setor denominado “NÃO COVID” foram criados 28 leitos para internação, sendo 22 de enfermaria e seis destinados a Sala de Emergência. Já no setor denominado “SETOR COVID” foram criados 63 leitos para internação, incluindo-se leitos adultos e pediátricos, sendo 41 deles de enfermaria e nove de Sala de Emergência. Ao todo foram instalados 153 novos pontos de oxigênio, totalizando 172 pontos.


Já na UAI Pampulha, no Setor “NÃO COVID” foram criados 33 leitos para internação, sendo 30 deles destinados a enfermaria e três destinados a Sala de Emergência. No “SETOR COVID” foram criados 43 leitos para internação, incluindo-se leitos adultos e pediátricos, sendo 32 deles destinados a enfermaria e 11 destinados a Sala de Emergência. Também foram instalados 78 novos pontos de oxigênio, totalizando 110 pontos.


No vídeo, é possível ver a transformação dos ambientes, como sala de reunião, sala da odontologia e diversas salas que abrigavam equipes administravas da UAI São Jorge e que foram desocupadas para receber leitos e pontos de oxigênio, tornando-se sala de atendimento e internação de pacientes.


Todas essas transformações nas unidades aconteceram em tempo recorde e sem deixarmos de prestar o atendimento à população, tudo isso graças ao esforço e empenho de toda a nossa equipe. Estamos fazendo um trabalho humanizado que têm contribuído para a saúde e recuperação dos pacientes internados, e a Missão Sal da Terra se orgulha em seguir firme no seu objetivo de transformar vidas.