• gabrielasoares2

Artigos da Missão Sal da Terra são publicados na Revista IQG Science

Atualizado: Mar 30




Os artigos relatam sobre os projetos de integração entre a atenção primária à saúde e a atenção ambulatorial especializada com pacientes que possuem diabetes mellitus e reumatologia


A Missão Sal da Terra teve dois artigos publicados na segunda edição da Revista IQG Science. Os artigos relatam as experiências exitosas conquistadas por nossos profissionais, que estão sempre em constante atualização e estudo, visando inovar e oferecer atendimento humanizado aos pacientes das nossas unidades de atendimento na cidade de Uberlândia.


O diretor superintendente de Saúde da Missão Sal da Terra, Arthur Guilherme Rocha Pereira, destaca o comprometimento de toda a equipe de colaboradores que trabalham focados em trazer melhorias constantes aos pacientes através de um aprendizado contínuo, aplicando na prática em nossas unidades de saúde, visando humanizar os atendimentos. “Acredito que essa dedicação e empenho por parte dos nossos colaboradores, fazem com que possamos focar na busca da melhoria continua dos nossos processos de trabalho, tendo o paciente como o centro da atenção, e isso reforça nosso propósito que é sermos agentes de transformação na vida das pessoas. Esses estudos apresentam resultados significativos que vão ajudar ainda mais na excelência do nosso atendimento. Ficamos honrados pela publicação em uma revista como a IQG Science, pois ressalta ainda mais que estamos no caminho certo”, detalha.


O periódico é um dos mais notórios no setor de gestão e inovação por trazer artigos inéditos que apresentem avanços na gestão e na busca pela excelência em saúde. Os conteúdos publicados são uma oportunidade de desenvolvimento aos leitores, justamente por incentivar as organizações a criarem uma cultura positiva e de qualidade visando a inovação na gestão de negócios.


O primeiro artigo foi escrito pela enfermeira Melyne Serralha Rocha, especialista em Gestão em Saúde Pública e diretora da Atenção Primária da Missão Sal da Terra, e pela odontologista Rubia Pereira Barra, especialista em Saúde Coletiva e coordenadora do Centro Colaborador da Planificação da Atenção em Saúde. O artigo apresenta o relato de experiência da implantação do projeto de integração entre a atenção primária à saúde e a atenção ambulatorial especializada para usuários com diabetes mellitus no setor sul do município de Uberlândia (MG).


Segundo Melyne Rocha, o projeto nomeado de Atenção Contínua e Autocuidado Apoiado tem como objetivo resgatar a figura mais importante deste processo, o usuário, tornando-o protagonista e responsável pelo seu próprio cuidado, na qual ele tem o apoio e incentivo da equipe multiprofissional. “Essa tecnologia de atendimento consiste na avaliação do usuário por uma equipe multiprofissional, na qual, cada profissional de saúde da APS, juntamente com especialistas, imerge na singularidade do paciente, trazendo para a discussão aspectos relevantes para a elaboração conjunta do plano de cuidado. Portanto, essa metodologia trouxe uma relação mais próxima entre os profissionais de saúde e as pessoas usuárias, melhorou o nível de saúde das pessoas, reduzindo o risco de possíveis complicações tais como complicações microvasculares, morte por diabetes e infarto do miocárdio, além de produzir serviços mais eficientes e de maior qualidade” detalha.


Já o segundo artigo, escrito também por Melyne e Rubia, além do médico Humberto Machado de Resende, especialista em Reumatologia, trata do relato de experiência acerca do cuidado de pessoas com doenças reumatológicas por meio da integração entre atenção primária e especializada, também no setor sul do município de Uberlândia (MG).


“O nosso projeto é muito interessante, pois capacitamos os médicos e equipe multidisciplinar da atenção primária para resolverem os problemas de grande parte da população que sofre com dor crônica. Também atendemos a população em seu próprio bairro e acabamos com a fila de espera por consulta com o especialista”, explica Humberto. Ele ainda ressalta que realiza visitas nas unidades de saúde para sanar dúvidas dos médicos sobre a condução de alguns casos reumatológicos.


Agradecimento

Agradecemos e honramos a vida de todos os envolvidos que tornaram possível os projetos que resultaram nos artigos. Os projetos contaram com a participação e colaboração de diversos profissionais da Atenção Primária e do ambulatório de Especialidades UAI São Jorge.


Sem dúvidas, o engajamento e articulação desses profissionais foram fundamentais e indispensáveis para alcançarmos o êxito nos estudos e para poder oferecer aos nossos pacientes assistência com excelência.




230 visualizações1 comentário

ENTRE EM

CONTATO CONOSCO