Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Nossa responsabilidade é a de anteciparmo-nos ao futuro!

Enquete

Como você administra sua fé diante das adversidades?




resultados

Mensagens da Diretoria

De todo o coração, vos conclamo, a que retomemos a paixão da nossa pregação.Que cada um de nós cumpra, e bem, a obra de um evangelista, na convicção de que essa é a vocação que se impõe sobre nós."
Paulo Borges Jr.
Facebook
Curta nosso site no Facebook

Projetos Sociais

Centros Educacionais

 CLIQUE AQUI  - INFORMAÇÕES REFERENTES AOS ALUNOS CONTEMPLADOS E LISTA DE ESPERA PARA 2018

 

MISSÃO
Favorecer o desenvolvimento do aluno, desenvolvendo seu raciocínio a partir de fundamentos éticos e morais identificados no currículo escolar.

 VISÃO
Ser referência de ensino por meio da Educação por princípios, para que o aluno conquiste sua autonomia intelectual, afetiva e moral, a fim de exercer responsavelmente suas vocações na sociedade.

 VALORES
Estabelecer a valorização da autonomia, dos direitos de cidadania, do exercício da criticidade, da responsabilidade, da solidariedade e do respeito ao bem comum, ao meio ambiente e às diferentes culturas, identidades e singularidades.


 ACOMPANHE AQUI AS NOSSAS ÚLTIMAS NOTÍCIAS

 

APRESENTAÇÃO

A vertente educacional da Missão Sal da Terra conta com Centros Educacionais que são instituições de ensino que atendem às crianças da Educação Infantil, na faixa etária compreendida entre quatro meses a cinco anos. As unidades educacionais estão localizadas nos bairros Vigilato Pereira, Parque São Jorge II, Jardim Canaã, Morumbi e Jardim das Palmeiras. Inicialmente, tais Centros Educacionais eram conhecidos como “creches”, onde havia um comprometimento com as crianças e com as famílias atendidas, cujo objetivo perpassava pela colaboração por meio de ações e de serviços para com a criança pequena, em situação de vulnerabilidade social, juntamente com sua família.

Com a transição do social para o educacional, ocorreu um avanço histórico para todo o atendimento efetuado. Inseridos na Educação, os Centros Educacionais assumiram uma gestão diferenciada para essa etapa da Educação Básica que nos oportunizou adequar ao disposto na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional – Lei 9394/96, Estatuto da Criança e do Adolescente – Lei 8068/90, Parâmetros e Referenciais Curriculares Nacionais – MEC/SEF (1997), Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil - MEC/SEB (2010).

Nesse contexto, a Educação Infantil é vista como um processo individual adequado à necessidade de cada criança em um ambiente lúdico para o atendimento às necessidades de cada faixa etária, o que transforma o aprendizado num mundo de divertidas descobertas, no qual a criança percebe sua capacidade de modificar o meio em que vive e o papel que nele desempenha. Para isso, o espaço físico, a proposta político-pedagógica, o quadro de pessoal, o regime de trabalho, o plano de qualificação docente, a organização e gestão do tempo de trabalho escolar e o número de crianças por sala de aula são repensados e aperfeiçoados a fim de oferecer o melhor atendimento para as crianças e suas famílias.

Por intermédio dos Centros Educacionais possibilitamos uma Educação voltada ao desenvolvimento dos valores humanos ao longo do atendimento oferecido. A organização do trabalho escolar se configura por meio de projetos pedagógicos, de atividades dirigidas e do uso de variados recursos didáticos. Aos profissionais oferecemos subsídios teórico-práticos, que lhes permitam compreender que na ação cotidiana educar significa mediar o aprendizado com base em uma metodologia interacionista e uma filosofia humanística.

Credenciados à Superintendência Regional de Ensino, todos os Centros Educacionais da Missão Sal da Terra são regidos por uma portaria que habilita e autoriza o trabalho com crianças de 0 a 5 anos, o que propicia o recebimento de recursos financeiros para o atendimento viabilizados pela Secretaria Municipal de Educação do município de Uberlândia-MG. Possuímos parcerias firmadas com a Prefeitura Municipal de Uberlândia, empresas privadas, pessoas físicas e outros que também contribuem para a consolidação de todo o trabalho.

Todo trabalho educacional da Educação na Missão Sal da Terra é acompanhado pela Superintendência, no entanto, existe uma base relacional e dialógica para consolidar decisões. Essa base tem como estrutura os Conselhos Administrativo e Pedagógico visando discutir as ações, fortalece-las e consolidar nos cinco centros educacionais. Os Conselhos têm ainda como objetivo buscar continuamente a qualidade do trabalho realizado preservando as formas respeitosas de convivência, as vivências afetivas bem como a ambiência de construção do conhecimento, isso porque, entendemos que o espaço educativo deve prevalecer vínculos afetivos entre as crianças, educadores, as famílias e a sociedade em que estão inseridos.

O Conselho Administrativo é formado pela superintendente, diretoras e coordenadoras dos Centros Educacionais. O Conselho Pedagógico é formado pela superintendente e pedagogas dos respectivos Centros Educacionais.

Toda a gestão administrativa e pedagógica é realizada de forma padronizada desde que não descaracterize as especificidades locais.

 

PROPOSTA POLÍTICO-PEDAGÓGICA

A partir das teorias de Levy Vygotsky, Wallon, Freire e nas propostas educacionais de Reggio Emília, buscamos a integralização da criança por meio do estimulo e do desenvolvimento do potencial espiritual, afetivo, social, cognitivo e motor os quais são originadas todas as atividades dos currículos de cada curso, desenvolvidos mês a mês, semana a semana, através de planejamentos que contemplam a prática do conteúdo interdisciplinar. Uma das formas de trabalharmos com propostas de pedagogias diferenciadas, e também da apropriação pela criança das diferentes linguagens, é a Pedagogia de Projetos, portanto, introduzida nesse contexto, desenvolvemos os projetos institucionais “Prazer de Cuidar” e “Aula Integrada”, com o objetivo de envolver as famílias nas interações sociais acontecidas no espaço escolar, propiciarmos a ampliação dos laços afetivos, emocionais, sociais e cognitivos, além de estimularmos a criança quanto ao prazer e à responsabilidade do cuidar por intermédio de um brinquedo simbólico, do despertar o exercício da cidadania na criança, família e escola. Trabalhamos com os livros didáticos, como os paradidáticos enquanto atividades complementares, enfatizamos o trabalho em pequenos grupos e nos cantinhos.

Toda proposta é centrada em uma aprendizagem como uma experiência coletiva e cooperativa, instrumentalizada de forma padrão em todos os centros educacionais, nos quais toda a equipe pedagógica possui cada vez mais um novo papel, como co-criadora do saber e da cultura com os seus educandos e com as crianças portadoras e construtoras de cultura, que dão sentido ao próprio agir e aquilo que aprendem, refletem, lembram e reconhecem em que participam da construção de significados.

 

INFORMAÇÕES:

Unidade I – CE Sérgio Henrique Martinelli
Quantitativo de crianças - 112
Faixa Etária - 4 meses a 4 anos
conheça a unidade

 

Unidade II – CE Parque São Jorge II
Quantitativo de crianças - 166
Faixa Etária - 4 meses a 4 anos
conheça a unidade

 

Unidade III – CE Jardim Canaã
Quantitativo de crianças - 60
Faixa Etária - 1 ano a 3 anos
conheça a unidade

 

Unidade IV – CE Morumbi
Quantitativo de crianças - 60
Faixa Etária - 1 ano a 3 anos
conheça a unidade

 

Unidade V – CE Jardim das Palmeiras
Quantitativo de crianças - 116
Faixa Etária - 4 meses a 3 anos
conheça a unidade

 

HORÁRIO DE ATENDIMENTO

Período Integral: Segunda à Sexta-feira, das 07h às 17h

 

PROCESSO DE ADMISSÃO DE CRIANÇAS AOS CENTROS EDUCACIONAIS

Nos meses de Outubro ou Novembro de cada ano ocorrem as inscrições e critérios que são amplamente divulgadas na mídia, nos Centros Educacionais e site da Missão Sal da Terra. Após esse período, ocorre a classificação com base nos critérios e a divulgação dos contemplados. A matrícula é consolidada com o retorno dos responsáveis à unidade escolar portando a documentação exigida para a efetivação da admissão, após contato do responsável da instituição sobre a contemplação da vaga.

Concluída essa etapa, a admissão de crianças ocorre por meio da lista de espera, caso haja vagas remanescentes ou desistências. A inscrição por meio da lista de espera inicia a partir do mês de fevereiro de cada ano letivo, nos Centros Educacionais. As famílias poderão se inscrever às quartas feiras de 7 horas às 11 horas.